Visualizações de páginas da semana passada

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Saiba quais são os temas mais cobrados no Enem


Professores  do site Guia do Estudante dão dicas para mandar bem na prova

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado nos dias 3 e 4 de novembro deste ano. Como usar da melhor maneira possível os meses que restam para você se preparar para essa prova? Que conteúdos você deve dominar para se sair bem? 
Para ajudar você nisso, o GUIA DO ESTUDANTE conversou com professores de cada matéria cobrada. Eles analisaram as provas aplicadas desde 2009 (ano em que o exame passou a ter o formato atual) e disseram que temas aparecem com mais frequência e de que forma costumam ser cobrados. 

Obviamente, isso não significa que você deve deixar de estudar os outros, mas é uma boa orientação sobre o que merece mais de sua atenção.

Temas recorrentes de  Ciências Humanas e suas Tecnologias  que englobam História, Geografia, Filosofia e Sociologia.
Fazendo isso, é possível constatar, por exemplo, a importância dada aos movimentos sociais. “Nesse sentido, ocorre com alguma frequência o questionamento sobre o movimento operário e as formas de organização em sindicatos e outras associações, bem como suas lutas, tanto no Brasil do século XX quanto nos primórdios da Revolução Industrial inglesa”, explica ele. Na História do Brasil, muitas vezes o movimento operário é analisado à luz das relações com o Estado, principalmente na época do trabalhismo de Getúlio Vargas.No caso de História, o professor Gianpaolo Franco Dorigo, supervisor do curso Anglo, pontua: “A primeira observação que deve ser feita é que a prova é bastante extensa, o que abre a possibilidade de uma abrangência bastante grande para os assuntos abordados. Mas as determinações contidas na descrição das Competências e Habilidades podem ajudar a identificar alguns rumos.”
Já no século XIX, afirma o professor, a atuação de movimentos sociais no Brasil envolve principalmente a luta pela emancipação dos escravos e a posterior inserção dos afrodescendentes na sociedade brasileira. “O movimento da Abolição deve ser encarado não como uma concessão das elites, mas como fruto, em grande parte, da luta dos próprios escravos pela emancipação. Uma tentativa de trazer as questões inauguradas a partir da escravidão para os dias de hoje envolve questões que vão da discriminação racial ao significado da política de ‘cotas’ para minorias”, explica ele.

Mas fique atento: segundo o Gianpaolo, movimentos sociais específicos como a Revolta da Vacina e as guerras de Canudos e do Contestado, no início do período republicano, também podem ser abordados. “A preocupação com História do Brasil é evidente, com as perguntas sobre o assunto geralmente superando aquelas consideradas de História Geral”, constata ele. 


Questões ligadas à tecnologia e seu impacto na vida social e política também costumam aparecer, com destaque para as tecnologias de informação. O candidato é levado a questionar como a cultura e a política do século XX sofreram o impacto dessas novas tecnologias.

Os temas mais recorrentes em Linguagens, Códigos e suas tecnologias
Segundo o professor e supervisor de Português do curso Anglo, Francisco Platão Savioli, a prova de português apresenta três tipos de perguntas: aquelas cuja resposta está no interior do próprio texto, as que pedem uma análise dos efeitos de sentido que ele produz (de humor, por exemplo) e as que pedem uma correlação com outros textos ou obras de arte (mais comuns nas questões de literatura). Se ter uma boa habilidade de leitura e interpretação de textos já ajuda muito nas matérias de exatas e biológicas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), na prova de Linguagens e Códigos isso pode significar muito mais.Interpretação de texto foi, de longe, o tema mais presente nos exames aplicados entre 2009 (quando assumiu o modelo atual) e 2011.

Saber identificar gêneros textuais, norma culta e popular, funções e figuras de linguagem também costuma ser exigido. 


Os temas mais recorrentes em Matemática e suas tecnologias
Saber que a prova de Matemática e suas Tecnologias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) traz 45 questões pode assustar. Mas a boa notícia é que ela não exige que você decore fórmulas nem resolva operações muito complicadas.
“A parte fundamental da prova é a interpretação de textos, tabelas e gráficos. Se cair alguma fórmula mais complexa, será em pouquíssimas questões”, afirma o professor de matemática e supervisor da área no Curso Anglo, Glenn Albert Jacques van Amson.
Isso não significa, porém, que não é preciso ter alguma base. “Podemos dizer que 99% das perguntas englobam conteúdo do nono ano do Ensino Fundamental e primeiro ano do Ensino Médio”, afirma o professor. “Então o candidato precisa saber conceitos básicos desses anos.”
Segundo ele, em álgebra, o conteúdos mais cobrado é o de funções - o que inclui leitura de gráficos, geralmente abordando eventos do cotidiano, como o crescimento de saldo bancário. “Logaritmo já caiu na prova e exigiu que o candidato soubesse de cor suas propriedades, mas foi uma exceção”, diz Glenn.
Os temas mais recorrentes em Ciências da Natureza e suas tecnologias


“Em termos de conteúdo específico, Física -  temas ligados a transformações de energia, energia térmica, mecânica newtoniana e eletricidade, principalmente envolvendo circuitos elétricos de residências, são os mais pedidos na prova”, afirma o professor e supervisor de física do curso Anglo, Ronaldo Carrilho.Considerando o que tem caído nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2009 (ano em que o exame passou a ter o formato atual), a dica é que o candidato estude bastante os tópicos relacionados a mecânica, energia e eletricidade.
Para o professor e supervisor de química do curso Anglo, João Usberco, as questões de química no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) são bem contextualizadas e abordam temas clássicos.
"De 2009 para cá, a prova no geral tem ficado mais parecida com um vestibular, trazendo questões que cobram mais conteúdo. O aluno precisa fazer uma boa leitura e ter alguns conhecimentos prévios do ensino médio", completa.
Ele diz que o tema mais cobrado - e que provavelmente cairá de novo em 2012 - é cálculo estequiométrico.
Em segundo lugar vem termoquímica, geralmente pedindo o cálculo da quantidade de calor liberado na queima de diferentes materiais, como combustíveis. Muitas vezes as perguntas relacionam os dois temas.
O número de perguntas de biologia nas provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) varia em cada edição. Mas um levantamento feito a partir de 2009 (ano em que o exame passou a ter o formato atual) pelo professor Armênio Uzunian, supervisor de Biologia do curso Anglo, mostrou que ecologia é o tema mais comum nas questões.
"Entram aí assuntos como cadeia alimentar, ciclos biogeoquímicos (como o ciclo do carbono e do nitrogênio), interações biológicas, biomas brasileiros, poluição e desmatamento", explica o professor. Como o tema está em destaque no noticiário nacional por causa da Rio+20 e da discussão em torno da usina de Belo Monte, as chances de isso ser cobrado em 2012 são ainda maiores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoramos a sua visita

Postar um comentário